Portal do Governo Brasileiro
  • Página Inicial
Voltar

Mobilização Social pela Educação em Lauro de Freitas (BA)

Práticas:: Ações pontuais, Ação com famílias, Formação/Oficina sobre o PMSE, PMSE como pauta de eventos, Criação de Comitê de Mobilização Social pela Educação
Parceiros: Outros parceiros, Setor Público, Entidades do terceiro setor, Instituições religiosas
Unidade(s) Federativa(s): BA
Descrição:

População
163.449 habitantes (IBGE – Censo 2010).

 

 

 

Evolução no Ideb (Ensino Fundamental - redes públicas)

 

 

 

 

 

 

 

Contatos

Fátima Carvalhal – Coordenadora do Comitê local de Mobilização Social pela Educação e coordenadora do Núcleo de Articulação e Mobilização Comunitária da Secretaria Municipal de Saúde

f.carvalhal@hotmail.com

Rosângela Neves

rosangelaunica@hotmail.com

Liderança (ator responsável)

Comitê de Mobilização Social pela Educação.

Parceiros

Ministério da Educação, Gabinete de Gestão Integrada do Município, Secretaria Municipal de Assistência Social, Secretaria Municipal de Saúde, Promotoras da Paz, Agentes Comunitários de Saúde e Desbravadores da Igreja Adventista do 7º Dia.

Estratégias empregadas

Realização de ações de mobilização social pela educação por agentes comunitários de saúde

Uma das mobilizadoras do Comitê de Lauro de Freitas é coordenadora do Núcleo de Articulação e Mobilização Comunitária da Secretaria Municipal de Saúde, setor que trabalha com os agentes comunitários de saúde. Os agentes visitam mensalmente as residências do município para acompanhar a saúde da população e disseminar informações preventivas. Aproveitando o acesso direto às famílias, o Comitê propôs uma parceria com os agentes para divulgar as mensagens da mobilização social pela educação. Nas visitas, os agentes distribuem a cartilha produzida pelo MEC, conversam sobre a importância do acompanhamento escolar de crianças e adolescentes e orientam os pais em como acompanhar.

Devido à sua atuação, é comum os agentes receberem convites de escolas para realizarem reuniões sobre a interação escola-família-comunidade com professores e pais de alunos. Nesses casos, acionam o Comitê que faz o agendamento nas escolas.

Para orientar sua ação, os 200 agentes comunitários parceiros da mobilização participaram de uma Oficina de Formação de Mobilizadores Sociais pela Educação, realizada pelo MEC.

O trabalho com os agentes comunitários de saúde desenvolvido em Lauro de Freitas tem despertado o interesse de outros Comitês de Mobilização Social pela Educação do país. Mobilizadores do município baiano tem orientado localidades na estruturação de trabalhos semelhantes.

Realização de ações integradas com a Saúde

Além da atuação dos agentes comunitários de saúde como multiplicadores da mobilização social pela educação, o Comitê de Lauro de Freitas também realiza outras ações integradas com a área da Saúde. Uma parceria com o Núcleo de Articulação e Mobilização Comunitária (NAMC), da Secretaria Municipal de Saúde, permite a divulgação das mensagens da mobilização em projetos, espaços e eventos da Saúde, como o Programa Saúde na Escola (PSE), salas de espera de postos de saúde, palestras em comunidades, entre outros. Da mesma forma, os mobilizadores aproveitam as ações de mobilização social pela educação para divulgar informações a respeito da saúde, abordando temas como prevenção e tratamento de diabetes, hipertensão, tuberculose, cânceres, doenças sexualmente transmissíveis, além de orientação nutricional e postural, entre outros.

Realização de ações de mobilização social pela educação pelas Promotoras da Paz

Entre as estratégias de trabalho do Comitê de Lauro de Freitas, destacam-se as que promovem visitas às famílias. Nesse sentido, assim como com os agentes comunitários de saúde, o Comitê celebrou parceria com o grupo Promotoras da Paz (antigo Mulheres da Paz) para realização de ações de mobilização. As Promotoras da Paz são mulheres que atuam voluntariamente em comunidades para ajudar na resolução de problemas sociais e construir uma cultura de paz. Em Lauro de Freitas, o grupo tem aproximadamente 30 mulheres que distribuem exemplares da cartilha produzida pelo MEC e orientam as famílias em como acompanhar a vida escolar de seus filhos.

Realização de ações de mobilização social pela educação pelo Clube dos Desbravadores

O Clube dos Desbravadores – grupo de crianças, adolescentes e jovens de 10 a 24 anos de idade criado pela Igreja Adventista do 7º Dia para desenvolver ações sociais – conheceu a mobilização social pela educação em uma campanha de doação de sangue na qual mobilizadores distribuíram exemplares da cartilha produzida pelo MEC. O coordenador do grupo se interessou em colaborar e foi, então, celebrada uma parceria com o Comitê local. O Clube insere a pauta da mobilização em atividades que realiza, como palestras em comunidades e a caminhada em comemoração ao Dia dos Desbravadores, na qual cerca de 350 integrantes do Clube, em conjunto com o Comitê local de Mobilização, falaram à comunidade sobre a importância da participação dos pais na vida escolar dos filhos e distribuíram mais de 1.500 exemplares da Cartilha por onde passaram.

Divulgação da mobilização em eventos diversos

Os mobilizadores do Comitê local de Lauro de Freitas aproveitam eventos e momentos diversos de ação comunitária para disseminar as mensagens da mobilização social pela educação. Um dos exemplos é a caminhada alusiva ao Dia Nacional de Enfrentamento à Violência Sexual contra a Criança e o Adolescente, promovida pelas Secretarias Municipais de Assistência Social e de Saúde, na qual mobilizadores distribuíram cartilhas, esclareceram dúvidas e deram sugestões de como os pais podem acompanhar a vida escolar de seus filhos.

Realização de ações de mobilização social pela educação em escolas

Atendendo a solicitações de diretores de escolas, o Comitê de Lauro de Freitas realiza ações de mobilização em unidades de ensino. Primeiramente, os mobilizadores conversam com os diretores, explicam o que é o comitê, apresentam o Plano de Mobilização Social pela Educação e falam sobre as estratégias que podem ajudar na interação família-escola. Normalmente, a maior queixa das equipes escolares é a baixa frequência dos pais nas reuniões, e a procura do Comitê é justamente para tentar melhorar essa participação. Após a conversa com os diretores, os mobilizadores realizam encontros com participação de professores, funcionários e pais para falar sobre a importância da participação das famílias na vida escolar dos filhos.

Formação de educadores

O Comitê desenvolveu atividade de formação de mobilizadores sociais pela educação direcionada a cinco monitoras da coordenação pedagógica do Programa Mais Educação, que atuam na Escola Municipal Jacira Fernandes Mendes, no bairro de Itinga. A escolha das monitoras para a capacitação ocorreu em função de seu contato periódico com a comunidade e as famílias dos alunos da escola.

Durante a formação, as monitoras foram orientadas a promover a interação família-escola-comunidade fazendo uso, entre outros meios, do conteúdo da cartilha Acompanhem a vida escolas dos seus filhos.

Instrumentos de mobilização utilizados

Cartilha Acompanhem a Vida Escolar de seus Filhos

A Cartilha é utilizada em todas as ações de mobilização social pela educação.

Banners

Os mobilizadores de Lauro de Freitas produzem banners para divulgar o trabalho do Comitê local e compartilhar o conhecimento trazido de eventos como o Encontro Nacional de Lideranças de Mobilização Social pela Educação. Os banners são exibidos em ações de mobilização realizadas no município.

Principais desafios enfrentados

Segundo a representante do Comitê local, o principal desafio enfrentado tem sido a falta de apoio da Secretaria Municipal de Educação nas ações de mobilização.

Resultados principais

A maior interação das famílias com as escolas é o principal resultado apontado pela representante do Comitê local.

Perspectivas

O Comitê programa desenvolver ações integradas com a Secretaria Municipal de Educação e realizar mais ações de mobilização em escolas.

?

Objetivos:
© Ministério da Educação. Todos os direitos reservados | Desenvolvimento: DTI - MEC - Governo Federal